UOL

★ Blog Mais Legal UOL 2009

UOL

★ Blog Mais Legal UOL 2011

Link-me!




Histórico:

- 01/08/2014 a 31/08/2014
- 01/12/2013 a 31/12/2013
- 01/09/2012 a 30/09/2012
- 01/03/2012 a 31/03/2012
- 01/02/2012 a 29/02/2012
- 01/12/2011 a 31/12/2011
- 01/10/2011 a 31/10/2011
- 01/08/2011 a 31/08/2011
- 01/07/2011 a 31/07/2011
- 01/06/2011 a 30/06/2011
- 01/05/2011 a 31/05/2011
- 01/04/2011 a 30/04/2011
- 01/03/2011 a 31/03/2011
- 01/02/2011 a 28/02/2011
- 01/01/2011 a 31/01/2011
- 01/12/2010 a 31/12/2010
- 01/11/2010 a 30/11/2010
- 01/10/2010 a 31/10/2010
- 01/09/2010 a 30/09/2010
- 01/08/2010 a 31/08/2010
- 01/07/2010 a 31/07/2010
- 01/06/2010 a 30/06/2010
- 01/05/2010 a 31/05/2010
- 01/04/2010 a 30/04/2010
- 01/03/2010 a 31/03/2010
- 01/02/2010 a 28/02/2010
- 01/01/2010 a 31/01/2010
- 01/12/2009 a 31/12/2009
- 01/11/2009 a 30/11/2009
- 01/10/2009 a 31/10/2009
- 01/09/2009 a 30/09/2009
- 01/08/2009 a 31/08/2009
- 01/07/2009 a 31/07/2009
- 01/06/2009 a 30/06/2009
- 01/05/2009 a 31/05/2009
- 01/04/2009 a 30/04/2009
- 01/03/2009 a 31/03/2009
- 01/02/2009 a 28/02/2009
- 01/01/2009 a 31/01/2009
- 01/12/2008 a 31/12/2008
- 01/10/2008 a 31/10/2008
- 01/09/2008 a 30/09/2008
- 01/08/2008 a 31/08/2008
- 01/07/2008 a 31/07/2008



Outros sites:

- Ao pé da Pitangueira (INDICO!!)
- Trocando em miúdos... (INDICO!!!)
- Frescuras de Jujubah
- Ingryd's Blog
- Emilia Abreu Antigo
- Fc Cesar Cielo


Votação:

- Dê uma nota para meu blog

Indique esse Blog


Contador:

Código html:
Cristiny On Line



17kg depois...

Sempre tive blogs. Sempre! Antigamente (põe antigamente nisso!) eu usava só para postar meus gifs - o que era moda na época. Eu devia ter uns 10 anos, por aí... Depois fui crescendo e os blogs foram me acompanhando. Fui aprendendo a mexer em html, até montar meu layout sozinha, sem nenhum tipo de ajuda. Sim, eu entendo todos aqueles códigos. Até chegar ao 'emiliaabreu', já se foram muitos e muitos nomes. Mas não é muito bem disso que quero falar. O assunto em questão serão os meus antigos posts.

Antes de ser 'zip.net', eu mantinha o emiliaabreu no blogspot. Esses dias andei lendo meus textos por lá e vi quanta coisa mudou na minha vida.

Eu costumava escrever quando estava insatisfeita comigo mesma. O que era algo absolutamente frequente. E essa insatisfação sempre foi em função do meu peso.

Nunca fui magrinha. Minha mãe costuma dizer que eu sempre fui 'parrudinha'. Nem gorda, nem magra. Mas à medida que fui crescendo, fui engordando.

Mas também não engordei atoa. Passei por uns momentos muito difíceis aqui em casa, que mexiam demais comigo. E, claro, descontava na comida. Só que aí você vai vendo que tá engordando e começa a ter auto estima baixa. E dá-lhe mais comida. Já fiz dietas bem loucas, daquelas de revista. Já fui três vezes em nutricionistas. Já fiz parte do Vigilantes do Peso também. E quantas promessas feitas às segundas feiras! Mas, de nada adianta você seguir uma dieta, se seu psicologico não está preparado pra emagrecer. Enxergar a comida como 'saída' pros seus problemas é o maior erro que existe.

E isso é tão psicológico, que eu sabia que estava errada, mas não conseguia parar. Percebe-se pelos meus antigos textos.

"Conselhos, preciso ter mais tempo pra mim!
Preciso aprender a me controlar, preciso saber fazer o certo, preciso ser madura o suficiente pra isso, preciso ser inocente o suficiente para aquilo.
Preciso acreditar mais em mim.
Preciso da força.
Preciso da vontade.
Preciso aprender a me dar valor.
Eu sei de tudo que preciso.
Mas não faço nada.
POR QUE TUDO DÁ ERRADO?!
mais um dia que não é meu dia.
mais um dia que me atormenta.
mais um dia de confusão.
mais um dia..
apenas mais um dia..
'O presente se torna passado, e o futuro se torna presente'
Preciso escrever essa frase em mim."

Pois bem. Isso foi em 2008, no auge do meu peso. Cheguei aos 80kg e meu IMC ficava no 'sobrepeso', se querem saber. E isso chegou a afetar minha saúde. Alí, vi que era hora de mudar.

Então, fui aprendendo a me controlar. Fui vendo que sim, eu podia realizar meu desejo de ter um corpo bom. Com disciplina e determinação, fui emagrecendo. Deixei de enxergar a comida daquela forma paranóica e esse foi o ponto chave para o 'sucesso'.

Confesso, foi por conta própria. Mas eu lia muito sobre Nutrição e aprendi muito com minhas experiencias. Tá aí a justificativa da minha paixão por isso.

Comecei a perder meus quilos extras por volta de maio de 2009. Hoje, março de 2011, meu peso varia de 63kg a 64kg e passei do tamanho 46 pro 40. Posso dizer? Minha vida mudou demais depois disso.

Hoje mesmo vesti uma blusa da minha mãe que era meu sonho de consumo. Ela ficou meio larga, até! rs. Visto quase tudo que quero e os elogios aumentaram demais. Uma coisa que me faz rir são meus antigos colegas de escola. Só conversavam comigo quando era necessário e olhe lá. Hoje, se me veem na rua, ate me param pra conversar. Desculpa aê, eu era gorda, mas nunca fui burra, tá? hahaha

O corpo melhora, a auto estima melhora e aquela insegurança de conversar com as pessoas, já não tenho mais. É um 'up' na sua vida.

Escrevi esse post pra mostrar o quanto estou feliz hoje por poder ser a pessoa que eu sempre quis. Eu sabia que tinha esse potencial, mas precisava descobrir por onde começar.

E espero, por meio das minhas experiências, ajudar outras pessoas a encontrarem esse caminho... É por isso que escolhi Nutrição pra minha vida! O sonho de ver outras pessoas ficarem tão felizes quanto eu me consome!

Era uma vez dezessete quilos... rs.

Beijos, M.E.



- Postado por: Emy =) às 15h52
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




Futuro.

Tenho uma amiga que é como se fosse uma irmã pra mim. É a Jessica, vulgarmente conhecida como Gel. Ela mora praticamente do meu lado e por isso, nos vemos com grande frequencia (quase todos os dias, pra ser sincera). Aos finais de semana dormimos uma na casa da outra, e daí, surgem algumas conversas e assuntos que me fazem chorar de rir. Um deles é nosso futuro. E já vou logo avisando que nós duas sonhamos muito.

Segundo o que sai de nossas conversas, serei uma super bem sucedida nutricionista e ela, uma enfermeira dedicada, enquanto não surge oportunidade de cursar Medicina para realizar o sonho de ser obstetra. Casaremos com um homem que nos dê o valor que realmente merecemos, e ele, pagará as contas de casa. Nosso salário será para nossos gastos pessoais e gastos dos filhos. Ah, os filhos! Esse assunto rende.

Terei uma filha chamada Maria Clara. Ela já está prometida ao Caio, filho da Gel. Todas as recomendações à mãe do meu genro já foram feitas para quando somente ela estiver por perto. Mas eu também já tenho comigo as recomendações feitas pela Gel para quando sua filha, Ana Clara, estiver de caso com meu filho, ainda sem nome definido (deixo essa pro pai dele). Seremos também cumadres. Sob ameaças, já avisei que tenho que ser madrinha de um deles, e vice versa.

E como eles serão? Enxerguei meu filho no supermercado outro dia. Empurrava um carrinho de compras, daqueles pequenos. Não tinha mais de dois anos de idade. Estava apenas com uma camisetinha branca, sem nada por baixo. A camiseta tampava toda a frente do corpo, mas a bundinha arrebitada fazia o bumbum ficar de fora. Era branquinho, com o cabelo liso e tinha uma chupeta na boca. Já a Maria Clara, vi uma cópia em Porto Seguro, também num supermercado. Branquinha, dos cabelos lisinhos e castanho-escuros. Tinha um olho maravilhosamente azul. Nunca vi bebê mais lindo em toda a minha vida! Encantada com ela, disse pra minha mãe 'Olha mãe! Minha filha!'. E ela, nada 'pra frente', foi à mãe da menininha para saber o nome dela. Era Maria Rita! Gente, eu disse MARIA! Adorei!

Já os filhos da Gel são uma incognita. Tudo indica que um poderá ser japonês! E esse não será meu genro ou minha nora e tenho dito. (Nada contra japoneses, e sim, contra o pai deles, rs.) Agora há pouco ela me mandou as fotos do Caio e da Ana Clara. Dois branquinhos de olhos azuis (o japa vai ser bastardo, coitado). Aí sim, podem entrar na minha família.

Eu sei que você deve estar se perguntando 'e o pai?'. Eu também me faço essa pergunta. Mas eu ainda tenho fé em Deus que vou casar com o 'azulão'. Apelido dado pela minha mãe à minha metade da laranja que encontrei em Porto Seguro. Lindo, cabelo quase raspado, alto, forte e de olhos azuis. Mas eu não flertei sozinha, ok? Tudo começou quando ele passou a me encarar. Parecia ser o dono do supermercado que eu ía todos os dias lá. Claro que, nos ultimos dias eu pouco estava me importando com compras. Eu ía mesmo era pra ver ele. Uma pena eu tê-lo descoberto pouco antes de vir para Valadares. Não deu tempo nem de saber o nome do meu futuro marido. Já avisei! Se eu voltar à Porto e ele estiver lá, é destino!

Meu casamento será clássico. Daqueles na Igreja com tudo que tenho direito. E pós cerimônia, uma festa inesquecível.

O da Gel será na praia. Com um vestido branco esvoaçante e sandalias próprias para noivas que se casam na areia (tudo já devidamente escolhido por nós duas!).

Concluindo, teremos um maridão, filhos lindos, casamento maravilhoso e profissão muito bem sucedida.

Agora só me falta esperar...esperar...esperar...

 

Tá, já acordamos pra realidade.

 

Beijos, M.E.



- Postado por: Emy =) às 21h26
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________